O vídeo na minha vida

Minha vida foi muito registrada visualmente pela minha mãe. Desde muito pequena tenho vídeos e mais vídeos com minhas irmãs, numa época em que uma dona de casa pegar numa câmera pra filmar era algo bem atípico. Mas a dona de casa é artista, e fazer isso era uma diversão!

Vem dai minha paixao por registrar familias, nao so os grandes rituais, mas os pequenos tambem. 

O video pra mim 'é o encontro perfeito da imagem com o som, como funciona a minha memoria. Imagem e som. Por isso entendo o registro audiovisual como uma construcao de memorias efetivamente, 'é assim que enxergo cada cena filmada, e 'e assim que tento montar minhas edicoes. 

Me interessa a rotina, o beijo de bom dia, tanto quanto a festa infantil ou o parto. Tudo sao memorias. 

 

Arquivo Pessoal: nascimento Bel, 2012.

Arquivo Pessoal: nascimento Maria, 2014.